sábado, 31 de outubro de 2009

Contratação mais cara da história da FOFA, Martins dispara: "Ainda bem que o Palmeiras não tinha dinheiro"


Nem mesmo as atuações regulares em sua estréia com a camisa do Gaior fizeram Martins deixar de fazer o que mais gosta: criar polêmica. O "primo negão do vento" como é conhecido em seu país deu uma entrevista exclusiva ao FOFA NEWS horas depois de seu acerto com o time paulista ter sido confirmado e garantiu que não seria feliz vestindo a camisa do Palmeiras. Confira na íntegra o bate-papo.

FOFA NEWS: Martins, sua negociação foi a mais cara da história, o que motivou o Gaior a gastar tanto com você ?
MARTINS: goeie môre, hoe is jy?

FN: Martins, você poderia responder em portugues por favor ?
M: Eu ia lhe chamar, enquanto corria a barca. Eu ia lhe chamar, lhe chamar, lhe chamar.

FN: ...
M: Huheaueha, ok. Vamos arranhar o portugues. Bom, eu acho que o que pesou para o Gaior me contratar foi o pedido do Tecnico Marcione Trapaglione, com quem trabalhei na Juventus o ano passado. Tivemos uma grande temporada, estávamos em segundo lugar na liga quando ela foi interrompida, e eu estava jogando para caraleo. Então isso pesou.

FN: Marcione realmente falou que não abriria mão de contar com seu futebol. Ele diz que mesmo não chutando lá muito bem, você causa ali pelo lado esquerdo, por causa da velocidade. O que você acha disso ?
M: É verdade, não chuto bem mesmo. Mas corro muito. Sabe, quando eu era pequeno lá no interior da Nigéria eu vivia fugindo de Tigres, Leopardos e Pumas, então meu filho, tinha que abaixar a cabeça e correr. Isso me motivou a correr. E quem aprimorou essa tecnica em mim foi o Marcione, porque toda vez que eu pego a bola na lateral ele grita "OLHA O TIGRE! PEGA O BECO NEGÃO! " E eu me mando.

FN: Além disso Martins, parece que há alguma história traumática da sua infância envolvendo velocidade, Palmeiras e abuso sexual. Você se importa de falar como foi isso ?
M: Pega lá uma Skoll que eu te conto.

FN: Pronto, tá aqui.
M: Não tem um cigarrinho não ?

FN: Martins, a comissão técnica do Gaior com certeza lerá essa entrevista.
M: Beleza então, depois eu passo na banca e compro.

FN: ...
M: Então, sobre o que você perguntou... o meu padrasto era um cara estranho. Certa vez ele veio pro Brasil e disse que havia um time aqui incrível, o Palmeiras. Só que eu comecei a perceber que ele não se empolgava com o Palmeiras quando contava as histórias, e sim com um jogador, um zagueiro chamado Cléber, um negão forte de cabeça quadrada. Certo dia entrei em seu quarto e vi ele vendo uma G Magazine com fotos sensuais deste jogador e descobri que ele era baitola, que só estava com mamãe pra se aproximar de mim e de meus irmãos.
Depois que descobri ele saiu do armário, e um dia bebeu todas e veio pra cima de mim querendo me fazer chup chup, ai tive que correr por horas pra me salvar dele. Desde então, passei a odiar padrastos e palmeirenses.

FN: Mas o Palmeiras jogou alto pra te contratar, como seria se você tivesse ido pra lá ?
M: Olha, eu não quero nem imaginar. Sei que eles tem um técnico lá que é polêmico. Li uma matéria que uma vez ele chegou bêbado a um campeonato e agrediu um repórter. Eu não sei como seria, eu ficaria traumatizado. Toda vez que ele falasse coisas como "você tem que entrar duro" ou "venha de trás, enfiado" eu sairia correndo do estádio.

FN: E como você vê as declarações que o tecnico palmeirense fez, desdenhando você, depois que perderam a disputa com o Gaior ?
M: Ah, como diz o ditado, acho que quem desenha quer comprar. Eu mesmo desenhava quando era criança e queria sempre comprar revistas em quadrinhos.

FN: (burro) Ok Martins, então tá. Quem você acha que será campeão do FOFAO 2009 ?
M: O Gaior com certeza. Os times do Marcione sempre chegam desacreditados, todo mundo tira sarro mas a gente se supera no fim. Vamos nos classificar em oitavo e pegar o Palmeirinha e tirá-los. Se eu marcar um gol, darei uma cambalhota.

FN: De um recado para os torcedores do Gaior.
M: Um recado ? Hum, ok: "Fabio, seu amigo Rodrigo o aguarda na recepção".




Um comentário:

Tibum disse...

Não sei o que dizer!!! Isso está uma verdadeira piada!!!

Depois de ler tudo isso, eu entendi muita coisa. Principalmente o desanimo do parceiro de corrida do Martins, o nosso amigo Simba!!!

"OLHA O SIMBA! PEGA O BECO NEGÃO!"